De acordo com um estudo realizado por três Universidades nos Estados Unidos (Columbia, Wisconsin-Madison e Harvard), a internet como a utilizamos hoje e principalmente o Google tem o poder de destruir a nossa memória.

A explicação é bem simples. Hoje, ao invés de lembrarmos da informação em si, estamos completamente conectados a uma rede em que tudo é interligado, e ao invés de saber as coisas, sabemos o caminho onde encontrar a resposta, e como procurar por ela.

Isso significa que, por exemplo, ao fazermos uma brincadeira de quais as principais capitais do mundo, as pessoas vão procurar no Google, ao invés de usar o conhecimento que aprendeu em aulas de Geografia para responder.

De acordo com a pesquisa, quando as pessoas procuram a mesma informação mais de uma vez, a lembrança deles em relação ao assunto é baixa.

O que, de fato, não dá para julgar se é bom ou ruim. Afinal, vivemos em um mundo completamente diferente do anterior, em que a internet se tornou um outro universo e que abre as portas para muita gente.

E aí, você acha que a internet nos deixa mais burros, esquecidos, etc?

perguntou Jan 25 '12 às 08:37

rec_lip's gravatar image

rec_lip
5253587.0k

editou Feb 08 '12 às 18:09

Rebecca's gravatar image

Rebecca ♦♦
28305114.7k

estudo diz o que?

link permanente

respondeu Jan 25 '12 às 09:18

Rodrigo0010's gravatar image

Rodrigo0010 ♦
697310115.9k

kkkkkkkkkkkkkk

rec_lip's gravatar image rec_lip (Jan 25 '12 às 09:49)

Pode ser verdade, mas já imaginou também como o nosso cérebro vira cada vez mais uma esponja poderosa, pois cada vez mais precisamos aprender e absorver mais informações. Então creo que ficamos cada vez mais preguiçoso, mas muito inteligente.

link permanente

respondeu Jan 25 '12 às 19:19

error_kimero's gravatar image

error_kimero
2314

Einstein dizia que nunca ocupava sua memória com algo que poderia facilmente consultar em um livro

link permanente

respondeu Jan 25 '12 às 19:29

Rafael%20Monteiro's gravatar image

Rafael Monteiro
1571631712.0k

Mesmo sendo realizada por três das principais universidades do mundo, isso é discutível. Se por um lado precisamos menos da memória, por outro nosso raciocínio certamente nunca foi tão grande. É preferível você saber onde e como buscar uma informação e saber de que forma a utilizar do que ter uma memória impressionante e não saber o que fazer com estas informações.

link permanente

respondeu Jan 25 '12 às 09:15

Pontelli's gravatar image

Pontelli
47516510.3k

E outra coisa... em alguns anos, teremos monitores em forma de óculos ou lentes de contato, então toda a "memória" existente, estará a nossa disposição. O diferencial será saber como usar toda essa informação.

link permanente

respondeu Jan 25 '12 às 18:00

Pontelli's gravatar image

Pontelli
47516510.3k

editou Jan 25 '12 às 18:01

eu acho o contrário,aguça a curiosidade,as vezes no ambiente de trabalho temos discussões sobre alguma coisa,um nome de navio em inglês,a capital de uma cidade,a origem de uma dança e quem resolve,o professor google

link permanente

respondeu Jan 25 '12 às 21:52

daniel_silva's gravatar image

daniel_silva
7711450

-1

Non ! Sou viciada em internet e sou a mais inteligente da minha classe ! :@

link permanente

respondeu Nov 23 '14 às 21:03

IsaBelly%20Perguntas's gravatar image

IsaBelly Perguntas
110

Sua resposta
mudar para preview

Siga esta pergunta

Por Email:

Uma vez que você entrar você poderá se inscrever para todas as atualizações aqui

Por RSS:

Respostas

Respostas e Comentários

Markdown Básico

  • *italico* ou __italico__
  • **negrito** or __negrito__
  • link:[texto](http://url.com/ "Qual é a sua dúvida?")
  • imagem?![alt texto](/path/img.jpg "Qual é a sua dúvida?")
  • lista numerada: 1. Foo 2. Bar
  • para adicionar uma quebra de linha basta adicionar dois espaços onde você gostaria que a nova linha estivesse.
  • tags HTML básicas também são suportadas

Tags

×2,793
×520

pergunta feita: Jan 25 '12 às 08:37

pergunta lida: 2,383 vezes

última alteração: Nov 23 '14 às 21:03