Estava lendo sobre esse celular e parece ser muito bom, mesmo nos teste no AnTuTu Benchmark ele aparece em um dos primeiros.

Alguém já chegou a ter um ou tocar?

perguntou Nov 12 '13 às 10:03

ig0r_oliveira10's gravatar image

ig0r_oliveira10
536065511

editou Nov 26 '13 às 12:38

wallace_mote's gravatar image

wallace_mote ♦
4144528.3k

Sim, China

Olha o que estava lendo..

Um dos grandes diferenciais da empresa, criada em 2010, é oferecer smartphones com especificações capazes de competir com os melhores aparelhos das grandes marcas, mas com um preço mais amigável. Sem nenhum contrato com operadoras ou subsídio, o valor de um produto de topo de linha chega a custar cerca de US$ 300, metade de um Galaxy S4 ou um iPhone. Todos os produtos são vendidos pelo site oficial da companhia.

A estratégia é simples. Eles quase não lucram com a venda dos celulares da companhia. Para fazer valer o investimento com uma margem de lucro tão apertada, eles mantêm os produtos no catálogo por mais tempo. Além disso, também vende acessórios optativos para maximização dos lucros. A companhia não possui um Moto X, completamente personalizável (embora o recurso não exista no Brasil), mas é possível comprar diferentes tampas traseiras e baterias extra ao comprar o celular.

“O negócio de acessórios só faz sentido com grandes volumes de um modelo em particular”, afirma Lin Bin, fundador da companhia e personagem extremamente curioso, conhecido pela sua inspiração em Steve Jobs.

Contudo, vender o hardware apenas não é o foco da empresa. Apesar da alcunha de “Apple oriental”, a companhia se assemelha mais ao Google neste ponto, já que outra fonte de renda são os serviços oferecidos aos seus consumidores. “O futuro da internet móvel são os serviços”, explica Bin. Este posicionamento é facilmente compreendido pelo fato de que ele trabalhou no Google e também explica um pouco os motivos de Hugo Barra ter se sentido à vontade para migrar para a companhia chinesa.

Alguns destes diferenciais estão na própria versão do Android utilizado pela companhia em seus dispositivos. Apelidado de “MIUI”, o sistema operacional é altamente modificado em relação à versão pura encontrada na linha Nexus, por exemplo. Ele chega a ser comparada até mesmo com o iOS, já que ao contrário da maioria dos Androids do mercado, não há uma “gaveta” de aplicativos. Todos eles ficam na tela principal, exatamente como nos iPhones, e o usuário pode organizá-los em pastas, na disposição em que preferir. Além disso, há vários recursos próprios para os quais o usuário do MIUI é direcionado, como troca de mensagens em nuvem, segurança do dispositivo e recursos de backup.

De qualquer forma, é fácil perceber que a estratégia, embora talvez não seja a mais lucrativa, tem agradado bastante os consumidores chineses. O Mi3, novo lançamento da empresa, chegou a vender 100 mil smartphones em 90 segundos, uma marca impressionante. Isso só foi possível graças ao fato de não haver lojas físicas da Xiaomi; todas as compras foram feitas pela internet. São duas versões do aparelho: uma com o processador Snapdragon 800, da Qualcomm, enquanto o outro usa o chip Tegra 4, da Nvidia.

“Nós não somos apenas uma empresa chinesa barata, fazendo um telefone barato. Seremos uma companhia que fará parte do Fortune 500”, afirma ao New York Times o CEO Lei Jun, fazendo referência à lista anual da Fortune, que organiza as companhias com as maiores arrecadações do mundo.

Nestes dois meses desde que Hugo Barra largou o Google para assumir a vaga na Xiaomi, ele ficou impressionado com seu novo ambiente de trabalho, que destacou o “espírito empreendedor” da companhia e seus funcionários. “A Xiaomi é fascinante e parecida com o Google, da forma como eu imaginava”, explica ele no Google+. Na visão dele, a companhia é focada nos usuários, conhecidos como “Mi Fans”. Embora a expansão ainda seja um objetivo, primeiro a empresa deve desbancar Apple e Samsung em território chinês antes de pensar em atingir o Ocidente.

Fontes: The Verge, AllThingsD e New York Times

link permanente

respondeu Nov 12 '13 às 10:48

ig0r_oliveira10's gravatar image

ig0r_oliveira10
536065511

hummm....China???

link permanente

respondeu Nov 12 '13 às 10:34

resposta's gravatar image

resposta
(suspenso)

Ouvi Xiaomi muito popular na China

link permanente

respondeu Jan 02 '14 às 23:40

mengluo_2013_12's gravatar image

mengluo_2013_12
26

A Xiaomi é uma das mais respeitadas empresas do Mundo Mobile, isso por que Nasceu em 2010.O smartphone Xiaomi Mi3 é fantástico. Um dos melhores smartphones de sua Classe.Em relação a China, 2/3 dos smartphones da Samsung, são de lá,Nem é necessário falar do Iphone, e de onde é feito. Existem Marcas magnificas como o HTC One, a OPPO ainda marcas menores, mas com excelente reputação na China como a Thl.Sem falar também da Asus, e embora ela e a HTC sejam de fato de Taiwan, são consideradas como produtos chineses.Um dias os japoneses e os coreanos foram considerados de baixa qualidade, já hoje...

link permanente

respondeu Feb 19 '14 às 12:25

robinmaster's gravatar image

robinmaster
21

editou Nov 27 '14 às 11:24

marcmira's gravatar image

marcmira ♦
31346227.9k

Tem numero de imei válido mundialmente?

link permanente

respondeu Feb 19 '14 às 13:51

toleranciazero's gravatar image

toleranciazero
7379899.6k

Sim, Tem numero de IMEI mundial.

link permanente

respondeu Feb 20 '14 às 22:24

robinmaster's gravatar image

robinmaster
21

Eu não confio...

link permanente

respondeu Feb 21 '14 às 08:42

Volnei_Punff's gravatar image

Volnei_Punff
112105

Comprei um xiaomi mi3 no final de agosto. Tá funcionando beleza, ou seja, não foi bloqueado ainda. Quando à questão do bloqueio, os especialistas da área de telecomunicações, eletrônicos e TI dizem que é quase impossível que se crie um sistema de bloqueio que funcione e se sustente por muito tempo, é esperar para ver. Quanto ao celular, após um mês de uso, ele é perfeito, muito bem construído e de boa qualidade. Suas configurações são ótimas, sistema liso, roda tudo perfeitamente, câmera muito boa. Estou impressionado, muita qualidade por um preço justo.

link permanente

respondeu Sep 24 '14 às 12:09

aleximus's gravatar image

aleximus
1

Até agora XiaoMi não apenas muito popular na China, ele é popular no mundo! Realmente é uma marca boa e confiável, sempre com custo beneficio e alta qualidade

link permanente

respondeu Nov 27 '14 às 06:42

jason's gravatar image

jason
13254450

editou Dec 01 '14 às 09:52

marcmira's gravatar image

marcmira ♦
31346227.9k

Não uso xiaomi Mi3 ,mas ouvir muito sobre Xiaomi, baixo preço ,boa qualidade!

link permanente

respondeu Nov 27 '14 às 06:45

rodrigwj_stivel_2014's gravatar image

rodrigwj_stivel_2014
33526

Sua resposta
mudar para preview

Siga esta pergunta

Por Email:

Uma vez que você entrar você poderá se inscrever para todas as atualizações aqui

Por RSS:

Respostas

Respostas e Comentários

Markdown Básico

  • *italico* ou __italico__
  • **negrito** or __negrito__
  • link:[texto](http://url.com/ "Qual é a sua dúvida?")
  • imagem?![alt texto](/path/img.jpg "Qual é a sua dúvida?")
  • lista numerada: 1. Foo 2. Bar
  • para adicionar uma quebra de linha basta adicionar dois espaços onde você gostaria que a nova linha estivesse.
  • tags HTML básicas também são suportadas

Tags

×4,645
×4,192
×1,263
×56
×1

pergunta feita: Nov 12 '13 às 10:03

pergunta lida: 12,669 vezes

última alteração: Dec 01 '14 às 09:53