Bom pessoal, a pergunta parece simples, mas essa questão abrange muita coisa.

Para exercer certas funções, como médico, advogado, dentista, farmacêutico entre outras profissões, você é obrigado a ter concluído um curso superior e em alguns casos, até mesmo passar por uma prova extra.

Pois bem. ótimo que seja assim.

Porém, com toda a demanda de profissionais que o mercado de TI exige, existe o fato que qualquer pessoa pode trabalhar livremente nessa área, em alguns casos, tirando vagas de quem estudou para isso pelo simples fato de existir um QI (Quem indica) pelo caminho.

Trabalhando em loja de informática, vi muita gente entrando e saindo da área achando que ficaria "rico facilmente", o que é um total engano. Talvez o dono da loja, mas os funcionários com certeza não ficarão ricos.

Uma possível obrigatoriedade de contratar pessoas que tenham pelo menos um curso técnico na área aumentaria o nível de conhecimento, o nível de atendimento, aumentaria o salario dessas pessoas e todo mundo só tem a ganhar com isso.

Eu já trabalhei com empresa registrada no MEI, pagava meus impostos, taxas do banco com a maquininha de cartão de crédito, aluguel da sala, energia, água, telefone e internet para chegar alguns clientes "folgados" e dizer que o serviço de formatação era caro e que o vizinho fazia pela metade do preço (naquele caso meu serviço foi R$50,00). Ele só não levou no vizinho porque ele tinha ido viajar.

Quem trabalha na área com certeza já ouviu algo similar a "meu vizinho manja tudo e formata por 10 pilas"

Pra vocês, a obrigatoriedade de contratar apenas profissionais formados é bom ou ruim?

perguntou Mar 15 '14 às 02:19

andreitajai's gravatar image

andreitajai ♦
43465413.8k

editou Mar 18 '14 às 16:30

malhano_caio's gravatar image

malhano_caio ♦♦
349252

Bacana seu ponto de vista, também sou a favor de regulamentação para Técnicos em Informática, mas duvido que saia do papel. Referente ao seu caso específico, a meu vizinho, sobrinho, primo, cunhado, colega ou quem quer que seja, cada Profissional em qualquer área que seja tem seu preço, um pedreiro cobra 50 reais o metro do piso colocado, o outro cobra 10 conto, só que um o piso solta e depois depois você tem que pagar para outro fazer o serviço de novo. 10 + 50 = 60, o barato sai caro. Sei qual o meu nível de conhecimento e meus limites. Não me importa e cobram 10 conto ou se formatam um computador de Graça, independente do valor que outra pessoa cobra, o meu trabalho eu coloco o valor. Formatar o computador, é muito simples poe o CD/DVD no drive, muda o boot e sai clicando em avançar. Um macaco faz isso, mas saber ponderar quais ferramentas e recursos cada pessoa irá usar e não instalar ou desinstalar recursos para poupar memória e ganhar o melhor desempenho apenas um profissional saberá fazer. Não me assusta e nem tira clientes estes "macacos clicadores" ...rsrsrs , pelo contrário cada pessoa lesada por um Trabalho mau feito, ganho mais clientes e apreço por um Trabalho Limpo, Didinâmico, de Qualidade e valor Justo, nem de graça e nem acima do mercado formal. Técnico em Informática desde 1999 com muito orgulho, apreço e respeito a todos clientes.

link permanente

respondeu Mar 19 '14 às 04:23

fercaragua's gravatar image

fercaragua
11330

Pergunta difícil.... Eu acho que só contrataria formados se tivesse uma empresa.

Ou seja, pelo visto não contrataria mark zuckerberg, steve jobs, bill gates...só se fosse como aprendiz e se mostrassem rapidamente o lado gênio .

link permanente

respondeu Mar 15 '14 às 06:04

toleranciazero's gravatar image

toleranciazero
7479909.7k

A regulamentação profissional é uma luta antiga dos profissionais de Informatica, muitos projetos começaram a tramitar no congresso nos últimos 30 anos mas nunca vão adiante.

O ultimo projeto de Lei proposto 5487/2013 é fraco, não contempla todos as atividades existentes na área, não trata das regras de transição para os profissionais já em atividade e nem trata da regulamentação de um conselho da classe.

link permanente

respondeu Mar 15 '14 às 06:14

Deepouter's gravatar image

Deepouter
19192611.5k

editou Mar 15 '14 às 06:17

mesmo que o profissional de ti tenha um registro a parte, ele não vai repelir os temidos sobrinhos e a desunião do setor, que são mortais pra isso ter mais discussão do que prática mesmo.

att

link permanente

respondeu Mar 15 '14 às 07:21

marcmira's gravatar image

marcmira ♦
36356430.6k

Gostei muito do seu post. Realmente é algo a se "tentar" mudar no Brasil. Trabalho com TI há 21 anos e vi muitas injustiças acontecerem. Comigo mesmo, aconteceu várias. Primeiro vc se interessa pela área, tenta encontrar literatura que possa te ajudar (difícil na minha época), faz cursos técnicos de hardware, banco de dados, lógica, programação, linguagens. Estuda igual um louco. Começa a colocar em prática pequenos projetos, realiza pequenos serviços. Até que o tão sonhado dia chega: Vc ingressa na faculdade. Aí sim vc vai pirar de tanto estudar. Depois de se formar, vai em busca de uma "boa" colocação no mercado de trabalho. E mesmo formado, vc não para de se qualificar. Linguagens novas, conceitos novos. E quando vc consegue um cliente para um serviço legal, esse cliente acha caro e acaba contratando um pela metade do preço, que tem uns cursinhos nos SURRECAS-INFO da vida (escolinhas sem qualidade ou compromentimento nenhum). É lógico que a qualidade do serviço prestado por esse "profissional" meia bomba, nunca será o mesmo. Mas mesmo assim, vc perde o serviço. Só sabe do que eu estou falando, quem já passou por isso. E com relação ao comentário que o nosso amigo "toleranciazero" fez: não dá para citar Mark Zuckerberg, Steve Jobs, Bill Bates (e muitos outros) como exemplo, pois esses senhores foram precursores. Não usaram pacotes prontos, criaram seus próprios pacotes de produtos. Um exemplo é a construção civil que tem regulamentação tanto para nível técnico como para nível superior. A regulamentação protege o Profissional, o usuário, o contratante do serviço e melhora MUITO a qualidade do serviço prestado. O profissional de TI tem sim que ter sua integridade profissional garantida. E a regulamentação é a melhor forma disso acontecer.

link permanente

respondeu Mar 19 '14 às 05:31

arnaldojgg's gravatar image

arnaldojgg
221

Totalmente a favor. Um médico, um dentista, um eletricista não precisa de registro? Porque o profissional dessa área não? Com a regulamentação, profissionais sérios serão mais valorizados, e vai acabar com esse povinho lixo que lê meia duzia de tutorial e já se acha técnico de alguma coisa. Estudamos por anos a fio, sempre nos reciclando, para que? Para sermos desvalorizados?

link permanente

respondeu Mar 20 '14 às 15:34

callazzans's gravatar image

callazzans ♦
451210.7k

Bom, conhecendo o Brasil como ele é, ainda teria uma briga enorme para quem vai fiscalizar, quem vai receber possíveis taxas de profissionais afiliados (como funciona numa OAB da vida). O importante porém, é justamente não deixar o assunto morrer e fazer valer os direitos depois da "situação resolvida", digo, de todas as leis serem feitas e que qualquer outra pessoa que não se enquadre nessas leis estaria exercendo uma função ilegal na qual ela não está preparada nem habilitada para tal.

Escrevi esse tópico porque vi na TV a mulher que estava atendendo como dentista sendo que ela ainda não era formada, foi processada e presa por exercício ilegal da função.

link permanente

respondeu Mar 17 '14 às 10:34

andreitajai's gravatar image

andreitajai ♦
43465413.8k

Caros @marcmira, @Deepouter, @toleranciazero, @fercaragua e @arnaldojgg muito obrigado pela contribuição de vocês, muito importante mesmo esse feedback.

No meu exemplo, sou formado pela Unisul de Tubarão - SC no curso de Redes de Computadores, onde o foco principal eram as redes de computadores, hardware em si, configuração de roteadores da CISCO (O curso tinha os 4 modulos do CCNA da Cisco). Programação era muito básica e fraca. Trabalho com informática desde meus 18 anos (comecei tarde) e hoje tenho 32 anos.

Dentre os diversos ramos da informática, a "coisa" parte de 2 "linhas de frente". Hardware e Software. Muito dificil conciliar e aprender profundamente todas essas duas áreas. É muito vasto!

Se você vai se especializar em hardware, então terá que aprender: manutenção básica, configuração de servidores, linux, windows, BSD, redes com fio e sem fio, virtualização, fora o resto que nem lembro agora.. Mas isso tudo para trabalhar onde? em uma empresa que presta esse tipo de serviço? talvez.. Trabalhar sozinho? por que não?.. Funcionalismo publico? otimo (estabilidade), salario +- (pelo que vejo aqui em SC).

Ai você estuda programação. Lógica de programação, linguagens, banco de dados e muita coisa que engloba esse mundo.

O que eu quero dizer com tudo isso acima: Pra mim, "são áreas totalmente diferentes". Por que? não faz parte da mesma coisa? Não. Pelo simples fato de que você nunca será suficientemente remunerado por todo esse conhecimento. Ou você desempenha muito bem uma coisa, ou outra. E é ai que as empresas se enganam. Querem pagar 2 ~ 5 Mil para profissionais que saibam servidores, virtualização, banco de dados, certificação em oracle, java, tenha MCP (o mais básico das certificações MS) e todas as outras certificações da MS. LPI (todos os níveis), ITIL, inglês, espanhol, amemão e mandarim (fluente em todas) e por ai vai fora 5 anos de experiência em tudo. Se existir alguém com esse perfil, essa pessoa tem, no mínimo 40 anos. E esse cara de 40 anos não vai sair de casa para ganhar 5K. Falam que hoje o mercado necessita desses profissionais, mas lógico, não vão encontrar ninguém assim tão cedo, talvez daqui a 20 anos :)

É meus caros, tem muita coisa pra ser conversada mesmo.

link permanente

respondeu Mar 19 '14 às 08:43

andreitajai's gravatar image

andreitajai ♦
43465413.8k

editou Mar 19 '14 às 08:43

Sua resposta
mudar para preview

Siga esta pergunta

Por Email:

Uma vez que você entrar você poderá se inscrever para todas as atualizações aqui

Por RSS:

Respostas

Respostas e Comentários

Markdown Básico

  • *italico* ou __italico__
  • **negrito** or __negrito__
  • link:[texto](http://url.com/ "Qual é a sua dúvida?")
  • imagem?![alt texto](/path/img.jpg "Qual é a sua dúvida?")
  • lista numerada: 1. Foo 2. Bar
  • para adicionar uma quebra de linha basta adicionar dois espaços onde você gostaria que a nova linha estivesse.
  • tags HTML básicas também são suportadas

Tags

×1,283
×82
×38
×5

pergunta feita: Mar 15 '14 às 02:19

pergunta lida: 3,141 vezes

última alteração: Mar 20 '14 às 15:34