SINTOMAS:

Você joga os arquivos para dentro dele e depois não abre, e pode mostrar um erro dizendo que o arquivo está corrompido quando tento abrir ele, aparecem pastas com nomes cheios de caracteres malucos, ou as vezes as pastas estão lá, mas todas vazias (pensei que era aquele vírus que cria os atalhos, mas não está vazia), o espaço dele no micro mostra certinha a capacidade dele (xGB)....

Esses acima se notam depois que comprou, antes vale a pena prestar atenção a embalagem, sempre mal feita, textura na mão estranha, o preço muito barato (10 reais um pendrive de 32GB na rua)

Alguns de vocês sabem que nunca um disco vai mostrar exatamente a capacidade real, exemplos de textos comentando sobre isso AQUI e AQUI

Voilá descobri que posso ter adquirido um pendrive falsificado, vou dar um spoiler nesse tutorial: quando confirmada a sua falsificação, os procedimentos adotados não vão fazer ele funcionar como ele foi proposto, mas sim com uma capacidade muito menor, isso a título de dar uma dignidade a quem foi enganado.

Eu já atendi usuários que chegaram a mover o backup de uma vida inteira e depois não entender porque não veio nada, pessoas que perderam seu TCC por isso, salvando seus dados em um modelo falsificado, essa foi a grande motivação que escrevi originalmente esse texto em 2005, aonde começou essa moda de serem vendidos aos montes e pipocavam 40, 50 casos iguais diariamente, apesar de ter diminuido, recebi anteontem um email de uma pessoa desesperada, e acabei trazendo uma versão nova para o fórum Techtudo.

Um conselho previsível é que não compre em qualquer lugar, os preços caíram bastante e se compra um de 4GB por menos de 20 reais, valor relativamente acessível e que cabe algumas de suas coisas, ou seja, se ele promete 32GB, ao tentar arrumar ele não vai ficar com 32GB por exemplo.

Entendam meus caros o seguinte de uma vez por todas:

Pendrive original NOVO na grande maioria das vezes:

  • quando espeta no computador ele NÃO pede para formatar;
  • se você faz isso um dia o seu windows não vai mostrar um erro dizendo que não dá pra formatar;
  • não esquenta a ponto de pegar na mão e sentir incômodo;
  • não corrompe arquivo;
  • mostra no Explorer e na tela de Remover Hardware com Segurança o nome do fabricante (se for uso com windows);
  • detecta como USB e a marca CERTA, não aparece Disco usb 2.0.

Se porventura acabou de adquirir um e já tem esses problemas listados acima troque imediatamente E NÃO cogite em tentar arrumar.

Tendo a nota fiscal de compra é uma garantia importante, com o fabricante, muitos dão 5 anos de garantia e mandando ele com a nota você recebe um novo em sua casa caso tenha problemas com ele. 90% de quem compra um pendrive desses é por achar que está levando vantagem, que está fazendo um negócio da china (boa parte deles são de lá mesmo..rs), e sabem que um original é mais caro, é bonitinho, depois o castigo vem a cavalo, pois quer usar ele como um original e percebe que não consegue, sites de compras como o mercado livre e compras coletivas (por serem uma plataforma intermediária e não ser possivel controlar totalmente os produtos a venda em sua plataforma) ainda são um celeiro de falsificações, por isso reforço critério e cuidado ao adquirir pendrives pela internet.

Eu te entendo e não vou lhe julgar mal, não comprou um mas ganhou de presente, a pessoa (parente super bondoso que não "manja") que deu nem lembra (ou nem quer ir voltar...rs) aonde comprou para poder trocar, enfim o que vou fazer? pesquisar na internet é claro, e minhas buscas apontam ainda nos primeiros resultados no fórum do Clube do Hardware e vejo esse tópico comentando:

http://forum.clubedohardware.com.br/solucao-pen-drive/657690

Como tentar reviver esse pendrive, tópico excelente feito pelo tareko, que pegou uma tradução de uma solução em inglês do qual vou seguir com vocês (na época era um dos poucos materiais coerentes em português) então vamos aprender como dar um jeito no seu pendrive falsificado!!!!!! o/

Pra ter uma solução eu preciso dum pendrive falso senão não faria sentido você estar lendo isso, acabei comprando um kingston de 8 gb super barato por 10 reais na época (um original custava na casa de 100 reais), então tenho o pendrive e vou seguir o tutorial com vocês:

alt text

alt text

O modelo escolhido é uma réplica de um data traveler 101 da Kingston, ele acabou caindo no chão se quebrando, elucidando facilmente que seria falsificado, alguns deles a parte plástica tenta disfarçar outro detalhe nítido da falsificação na marca Kingston: a cor do led espetado no micro, os originais a cor dele costuma ser na cor VERDE ou AZUL (a linha hyper X tem essa cor).

Se o pendrive for dessa marca tiver led vermelho, BINGO= FALSO!!!, e o foco na falsificação é quantidade, não qualidade, então o material construído é sempre de qualidade MUITO inferior. Veja ele no computado mostrando o espaço disponível: alt text

Um detalhe que ressaltei acima, nenhum disco tem a capacidade máxima tão perto da original, voce com o seu telefone android percebeu que mesmo com 8, 16Gb de espaço uma parte fica para o android , e no pendrive é o mesmo raciocínio, o firmware do pendrive ocupa um espaço, nesse caso 17MB é muito pouco, mas só se percebe espetando no micro.

O 1º desafio é saber a capacidade real desse pendrive, vamos partir da premissa que algum espaço essa bagaça deve ter, e esse é a sacada.

A falsificação consiste no seguinte: coloque um pendrive de qualidade e capacidade questionável (geralmente costuma ser entre 128 MB a 8GB originalmente esses modelos falsificados, é raro um falso ser maior que isso) e insere um firmware como sendo de outro com capacidade maior, o firmware a grosso modo seria o sistema operacional, o driver interno dele, quando espeta no micro informações como o nome, sua capacidade (quantos gigas) e sua função (eu sou um hardware pendrive, impressora, joystick por exemplo) são fornecidas e gerenciadas pelo firmware para comunicação com o sistema operacional se tratando de windows, linux, mac, enfim.

Outro exemplo de firmware seria num dvd player, os menus e funções dos botões de comando são feitas por ele quando você as aciona pelo controle ou operando os botões físicos.

Então para essa primeira parte vamos usar o programa H2testw, se tem dúvida se um disco tem a sua capacidade real, esse é o software que vai confirmar isso!!!! ele vem em duas línguas: alemã e inglesa, abrimos o programa, escolha ENGLISH (nada contra se souber alemão), escolha SELECT TARGET e aponte para a letra do seu pendrive e confirme com OK, , ele vai te falar se é original ou falsificado, além de mostrar a velocidade de leitura e gravação. (Um sintoma de falsificação é a velocidade muito baixa desses dois quesitos).

alt text

Clique em qualquer um dos botões, WRITE+VERIFY ou VERIFY, a diferença é que o primeiro verifica e grava, o segundo só verifica, eu escolhi verificar apenas, aparece uma tela nova de progresso, só aguardar terminar, dependendo da capacidade prometida pode demorar horas (seja paciente), os falsificados nesse aspecto podem fazer o software e até o micro travar, nessa fase de testes pode confirmar o aquecimento exagerado que acontece ao tocá-lo, pois como ele não tem a capacidade prometida e recebe ordem de gravar, ele aquece.

alt text

O resultado você pode copiar num bloco de notas e postar num fórum para tirar sua dúvida se ele é ou não legítimo, basta clicar em COPY TO CLIPBOARD:

Como traduzir esse log?

Quando o pendrive/cartão de memória ou hd tem a capacidade real prometida (ou seja ORIGINAL) o log dele costuma seguir esse padrão:


  • Test finished without errors.
  • You can now delete the test files *.h2w or verify them again.
  • Writing speed: 15.4 MByte/s
  • Reading speed: 30.5 MByte/s H2testw v1.4

Percebam que a primeira linha diz tudo, sem erros (without errors), original de fábrica, dependendo da mídia testada a velocidade de gravação e leitura podem mudar, mas a de leitura costuma ser maior que a de escrita.

Agora vou postar aqui os resultados do ”quinguistão de 8 giga”:


  • The media is likely to be defective.
  • 405.7 MByte OK (830970 sectors)
  • 7.5 GByte DATA LOST (15907334 sectors)
  • Details:46.5 KByte overwritten (93 sectors)
  • 0 KByte slightly changed (< 8 bit/sector, 0 sectors)
  • 7.5 GByte corrupted (15907241 sectors)
  • 46.5 KByte aliased memory (93 sectors)
  • First error at offset: 0x0000000018728200
  • Expected: 0x0000000018728200
  • Found: 0x030703071b778307
  • Writing speed: 11.4 MByte/s
  • Reading speed: 17.5 MByte/s H2testw v1.4

Traduzindo para o que nos interessa e está destacado em negrito: este pendrive é falsificado pois foi adulterado (informação da primeira linha), de 8GB oferecidos 7.5 GB estão corrompidos ou não existem (informação da 3a e 5a linha), ele possui apenas 405,7 MB (informação da segunda linha), ainda por cima é lento tanto pra gravar quanto pra escrever, (informações writing e reading speed).

Perceberam que é um mistério saber a real capacidade dele, pois o meu pode ser um de 512MB como pode ser um de 1GB com defeito (bad block), nunca saberemos a real capacidade dele, pois até modelos sucateados são usados para a falsificação. (Guardem essa informação)

Nesse exemplo, por qual motivo arquivos grandes eu não consigo copiar nada muito grande? Só tem 405,7 MB que ele reconhece (no caso do quinguistão), se transfiro até esse limite nada se corrompe, passou um mega, pastas e arquivos se corrompem e podem mostrar caracteres truncados: ¨%$$¨* , e claro não abrir de forma legível o que tem armazenado.

Seguindo o tutorial, a próxima etapa é achar o real modelo para reparar o pendrive via troca de firmware, vamos ver o resultado do meu com o programa CHIPGENIUS:

alt text

  • PnP Device ID: VID = 2008 PID = 2168
  • Chip Vendor: micov
  • Chip Part-Number: MXT8208

Vejam o site flashboot.ru (um banco de dados para firmwares de pendrives), conforme já leram basta consultar essas informações (VID e PID) para sabermos que ele pode estar em chips falsificados de 8, 32 ou 64 GB, fala o nome da ferramenta que está nessa página:

alt text

alt text

http://flashboot.ru/Files-file-158.html, download feito, vamos abrir o programa e vai começar a parte mais engraçada, que seria configurar esse programa de forma correta para fazer meu pendrive funcionar direito, algumas pessoas nessa fase já estão com ele travado, não conseguindo formatar ou dando erro de que não pode formatar o dispositivo ou o temido erro de protegido contra gravação.

Conheçam o programa ameco tools mx8208, outros chips tem o programa diferente, mas o principio é o mesmo:

alt text

O H: ali no slot 1 é o nosso “quinguistão”, a pouca documentação que se acha a respeito desse programa indica que é só clicar em start all na primeira tela e aguardar, ele vai detectar e fazer a transferência automaticamente, mas se você clicar em start all, ele ficará aceso e vai acontecer absolutamente nada por horas a fio, há o manual setting com muitos modelos, eu cheguei a tentar todas as opções, até procurei por versões antigas desse software e também NADA!!!!, nem o programa ajuda.

Esse programa defasado de 2008, sem atualização, imaginem uma pessoa mais leiga com esse programa ainda tentando "recuperar", as chances de conseguir resolver são pequenas, existem alguns "sortudos" que dizem ter conseguido recuperar, mas não dão mais detalhes de como fez isso, alguns falam essas coisas de sarcasmo mesmo.

Muita gente para o processo por aqui e se pergunta O QUE FAZER ?

Muitas pessoas nessa parte postam em fóruns o log do chipgenius pedindo o firmware correto e não são atendidas assim como nunca fui...rsrs, tentei em outros fóruns até internacionais e realmente é muito difícil, para cada pessoa que diz ter conseguido trocar o firmware do pendrive e resolver, existem 50 que não conseguiram mesmo achando o modelo certo, e as queixas são as mesmas: nada acontece quando uso o programa e ele continua "morto", ainda tem gente que acha que trocando o firmware ele vai funcionar como prometido (acredita em papai noel também), o que não acontece na real, gostaria muito de ver ou conseguir resolver um caso dessa forma, mas não rolou, sou super cético e chamo de milagre acontecer isso até pelo ambiente totalmente obscuro que eles são fabricados.

Existe uma forma de fazer o pendrive falsificado funcionar com dignidade (não estava mentindo, apesar dos pesares, tem jeito sim), basta deletar a partição dele com o tamanho errado e criar uma nova com a capacidade máxima que ele realmente tem, ao confirmar sua falsificação com o H2TESTW você já sabe a capacidade real desse pendrive.

A partição do pendrive seria o centro nervoso do disco, com a partição que o sistema operacional vai montar pra que acesse o pendrive, muitas pessoas tem dificuldade para fazer isso.

Vou deixar um tutorial ensinando como fazer:

http://www.techtudo.com.br/dicas-e-tutoriais/noticia/2014/11/descubra-como-particionar-seu-hd-externo-e-organize-seus-arquivos.html

Pode- se usar ferramentas como o partiion magic, mini tool wizard, o gerenciador do windows, gparted do linux, e usando ele na capacidade certa, usarei ele bem? infelizmente não, Já li muitos relatos de em poucos meses ele parar de gravar , travando e indo parar no lixo.

Espero ter elucidado como é trabalhoso lidar com falsificação, não sendo um bom negócio sua compra, na dúvida não compre.

Fonte: http://www.clubedohardware.com.br/forums/topic/758594-entendendo-e-tentando-arrumar-um-pendrive-falsificado-solu%C3%A7%C3%A3o-2/ Texto de minha autoria publicado em 2006, editado em 2010.

Um bônus: https://www.youtube.com/watch?v=g_6mMFmes1s , neste vídeo mostra como são fabricados os pendrives.

perguntou Mar 16 '17 às 16:15

marcmira's gravatar image

marcmira ♦
36356430.4k

editou May 02 '17 às 19:59

Isso sim é tópico para sair na home da Globo.com

Parabens @marcmira

link permanente

respondeu Mar 16 '17 às 17:24

hugo2013's gravatar image

hugo2013 ♦
46526018.5k

Valeu @hugo2013, eu trouxe outro de pendrives, remixei minha versão de 2010.

Em breve trarei meus artigos de outros fóruns pra cá, o de internet lenta vai ser bem trabalhoso de migrar.

marcmira's gravatar image marcmira ♦ (Mar 17 '17 às 23:03)

aguardando interações

link permanente

respondeu Oct 18 às 12:19

marcmira's gravatar image

marcmira ♦
36356430.4k

Sua resposta
mudar para preview

Siga esta pergunta

Por Email:

Uma vez que você entrar você poderá se inscrever para todas as atualizações aqui

Por RSS:

Respostas

Respostas e Comentários

Markdown Básico

  • *italico* ou __italico__
  • **negrito** or __negrito__
  • link:[texto](http://url.com/ "Qual é a sua dúvida?")
  • imagem?![alt texto](/path/img.jpg "Qual é a sua dúvida?")
  • lista numerada: 1. Foo 2. Bar
  • para adicionar uma quebra de linha basta adicionar dois espaços onde você gostaria que a nova linha estivesse.
  • tags HTML básicas também são suportadas

Tags

×304
×133
×7
×5
×1

pergunta feita: Mar 16 '17 às 16:15

pergunta lida: 1,912 vezes

última alteração: Oct 18 às 12:19