Acompanho tudo o que há sobre consoles e games e acho que um descaso de uma empresa tem passado despercebido. A Sony está despresando todos os usuários que compraram um PS4 importado no Brasil, a despeito da obrigação dela de consertar os consoles com defeito no Brasil de acordo com o código do consumidor. Para comprovar isso, basta ver o site "reclameaqui.com.br" e pesquisar por "Playstation 4". Tem 10 páginas de reclamações de consoles que vieram com defeito, a maioria com a "luz azul da morte" e que a Sony informou os usuários que não pode fazer nada sobre o caso. Acho que isso mostraria para as pessoas que, se não bastasse o preço abusivo do console no Brasil, ainda não teremos manutenção de garantia nos consoles comprados mesmo com nota mas importados.

perguntou Feb 11 '14 às 08:01

Li%20Taboga's gravatar image

Li Taboga
11311

editou Feb 17 '14 às 17:26

malhano_caio's gravatar image

malhano_caio ♦♦
349252

Eu concordo com você, naturalmente, porém acho que falta informação sobre o caso. Acho que não é bem divulgado. Em todo lugar se coloca que é direito do consumidor conseguir a assist~encia, porêm na prática nem com procon dá pra resolver, só pagando um advogado que, pelas normas da OAB, cobra no mínimo R$ 1000,00 para um caso desses. Acho que seria válido divulgar essa situação, mostrar os casos dos caras do Reclameaqui para que todos saibam que a Sony não vai te ajudar de bom grado, e que a incidência de defeitos é grande. Assim ao pensar em comprar um PS4, o cara vai saber do risco de ficar com um enorme e caro peso de papel por falta de suporte. Até no fórum oficial do suporte da PS4 ta cheio de brasileiro em pânico, em meio aos 1106 tópicos de reclamações. (http://community.us.playstation.com/t5/PlayStation-4-Support/INFO-Blinking-Blue-Light-PS4-Issues/td-p/42154071/page/111)

link permanente

respondeu Feb 11 '14 às 11:05

Li%20Taboga's gravatar image

Li Taboga
11311

Senhores, está tudo errado! Primeiro a Sony do Brasil é responsável pelo conserto do aparelho adquirido fora do país por ser uma marca global e, segundo, para entrar com um processo contra a Sony, basta procurar um Juizado Especial Cível. Nos JECs não é preciso advogado e, mesmo que você queira contratar um para te ajudar, não existe essa história de que a OAB obriga que ele cobre no mínimo R$1000,00. Vejam essa matéria: http://oglobo.globo.com/economia/produtos-de-marcas-globais-devem-ter-garantia-mundial-7861930

link permanente

respondeu Mar 05 '14 às 20:09

marcelmeni's gravatar image

marcelmeni
16

Estou tendo esse problema também. Fui no Procon e a Sony continuou negando assistência. Agora fui no juizado e estou com a audiência marcada para julho. Enfim, são 6 meses com o aparelho guardado na caixa, mas vamos ver se agora consigo alguma coisa. A advogada que me atendeu, disse que a Sony deve sim prestar assistência ao aparelho, mesmo sendo importado.

link permanente

respondeu May 26 '14 às 08:59

josemiguens's gravatar image

josemiguens
16

Só uma pergunta. No caso de vocês terem ido ao Juizado após adquirirem o PS4 fora do Brasil (terem trazido dos E.U.A) vocês realmente acham que não deverão juntar ao processo alguma papel da Receita, inclusive o correto é que se passe no setor A DECLARAR mesmo que esteja abaixo dos U$ 500,00 para conseguir emitir um papel dizendo que o produto passou pela fiscalização da Receita e não houve a incidência de tributo. Realmente, comprar fora ou em loja duvidosa e ainda querer ir à Justiça e o mesmo que tentar processar o traficante pela má qualidade do pó ou maconha. Chega a ser ridículo.

link permanente

respondeu Aug 22 '14 às 23:59

amadeu_da's gravatar image

amadeu_da
16

Não faz sentido nenhum negarem a garantia só porque você comprou o console de fora do país, afinal, tanto o console vendido aqui como o vendido nos EUA são fabricados na China. O que a Sony esta fazendo é um claro desrespeito com o consumidor brasileiro, fazendo com que ele se sinta obrigado a pagar uma margem de lucro abusiva a troco de garantia.

link permanente

respondeu Sep 04 '14 às 14:16

YummyYummyPinkBear's gravatar image

YummyYummyPinkBear
292934237

A vida como ela é.

É assim mesmo que funciona, quem compra algo importado deve se reportar a quem te vendeu e as suas leis locais. Se você mesmo comprou o produto lá fora, você terá que dar um jeito de resolver lá também, podendo até que pagar o transporte e eventuais tributos.

se comprou de uma importadora, a mesma é quem deve resolver o problema.

link permanente

respondeu Feb 11 '14 às 08:09

toleranciazero's gravatar image

toleranciazero
7379909.7k

Boa tarde eu baixei alguns arquivados de atualização para o PES17 e comecei a transferir um por um para o meu PS4, porém quando eu vou em editar e chego na opção IMPORTAR/EXPORTAR aparece a seguinte mensagem: " Para usar esta função, será necessário conectar-se a PlayStationNetwork e verificar se nao há restrições de mídia gerada pelo usuário na sia conta Sony Entertainment Network" a segunda msg é a seguinte: "Conecte-se a PlayStation network e verifique as condições atuais de gerenciamento de subcontas", ou seja, eu nao consigo transferir Os arquivos devido essa msg, e nao sei como desbloquear essa função pois ja fui na minha conta e nao encontrei nada que eu pudesse fazer, e eu gostaria de saber se vc pode me ajudar a desbloquear.

link permanente

respondeu Jan 21 às 18:28

sous2ajonhson's gravatar image

sous2ajonhson
1

Sua resposta
mudar para preview

Siga esta pergunta

Por Email:

Uma vez que você entrar você poderá se inscrever para todas as atualizações aqui

Por RSS:

Respostas

Respostas e Comentários

Markdown Básico

  • *italico* ou __italico__
  • **negrito** or __negrito__
  • link:[texto](http://url.com/ "Qual é a sua dúvida?")
  • imagem?![alt texto](/path/img.jpg "Qual é a sua dúvida?")
  • lista numerada: 1. Foo 2. Bar
  • para adicionar uma quebra de linha basta adicionar dois espaços onde você gostaria que a nova linha estivesse.
  • tags HTML básicas também são suportadas

Tags

×2,680
×1,214
×849
×464
×218

pergunta feita: Feb 11 '14 às 08:01

pergunta lida: 14,258 vezes

última alteração: Jan 21 às 18:28